10 dicas para montar vitrines que chamam clientes

Uma loja que sabe a importância de uma vitrine bem elaborada vai longe. É ela quem vai chamar os clientes para a sua loja e contribuir para que as suas vendas aumentem. Porém, não basta que ela seja bonita e bem ornamentada. Para montar uma vitrine que venda é preciso seguir algumas boas estratégias para chamar a atenção da clientela e ser um verdadeiro sucesso de vendas.

1 – Localização

A localização da loja é um fator que deve ser levado em consideração na hora de montar uma boa vitrine. O tipo de roupa exposta não é mesma em lugares diferentes. Por exemplo, uma vitrine de uma loja de shopping não é a mesma de uma loja de rua. Também é preciso verificar quais os tipos de lojas que há na rua, se são mais populares ou de grife. A sua vitrine também brigará com a concorrência pelos olhares dos pedestres.

2 – Necessidades do público

Focar nas necessidades do consumidor naquele momento específico é de extrema importância. O empreendedor precisa saber até mesmo sobre o clima naquela semana. Por exemplo, quando se está na época de inverno, as vitrines costuma apresentar roupas típicas como casacos, mantas, cachecóis. Porém, mesmo na época mais fria do ano, alguns dias quentes podem aparecer e o dono da loja deve ter a atenção necessária para colocar roupas de verão juntamente com a roupa e inverno, na vitrine.

3 – Evite excessos

Você já ouviu falar em poluição visual? Isso acontece quando há muitas informações de uma vez só em um local determinado. Esse fenômeno pode acontecer com as vitrines e é péssimo para as vendas. Uma vitrine não deve ter mais de 3 cores. Mesmo que estejamos no verão ou seja uma característica típica da marca, não é bom arriscar. Muitas cores podem confundir o cliente e afugentá-lo.

4 – Mostre seus pontos fortes

Toda loja tem uma característica única que a identifica. Por exemplo, se o ponto forte do seu empreendimento é o desconto no valor à vista então dê preferência para colocar esse valor na vitrine. Assim, você chamará a atenção dos futuros clientes e poderá esconder o preço mais salgado que costuma deixar os clientes bem longe do estabelecimento.

5 – Não esconda informações

Tenha a atenção de colocar todas as informações que o cliente precisa a altura da visão deles ou, então, poderá gerar certo desconforto para quem está olhando a vitrine.

6 – Atraia seu público alvo

Sua vitrine será montada na mesma proporção que as vendas. Assim, se você vende mais roupas para jovens, capriche na exposição dessas peças e exponha em menor proporção os outros tipos de roupas.

7 – Mude com frequência

A frequência com que se deve trocar as roupas das vitrines é de uma semana. Isso impede que os clientes fiquem cansados de olhar a mesma imagem todos os dias. A temática pode ser modificada mensalmente.

8 – Invista em datas comemorativas

As datas comemorativas são as melhores para alavancar as vendas e não podem ser negligenciadas de forma alguma. São ótimas oportunidades de obter bons lucros e colocar a palavra “promoção” na vitrine chama mais atenção do que “desconto”. Esta dá a impressão que o item a ser vendido tem qualidade inferior ou apresenta algum defeito.

9 – Iluminação

Uma boa iluminação é uma excelente maneira de se destacar da concorrência. Você pode acrescentar luz que dê destaque para as cores das roupas que estão na vitrine.

10- Manequins

O estado de conservação dos manequins pode passar despercebido para alguns, mas não para a grande maioria dos clientes. Uma pequena rachadura ou manchas nos manequins podem parecer meros detalhes, mas são justamente eles que fazem a diferença entre uma vitrine bem montada de uma comum.

Como você faz para elaborar a vitrine da sua loja? Compartilhe com a gente nos comentários!