Descubra como melhorar o atendimento em sua loja e aumentar as vendas

Com o tempo e a evolução do comércio convencional surgiram necessidades que impulsionaram o varejo a rever a forma de atendimento. Hoje é muito comum dizer que o cliente está mais exigente. Mas não é só isso!

É necessário também que os lojistas sobrevivam em um ambiente em que além da concorrência habitual, compete-se com o comércio online. Portanto, é preciso saber manter e conquistar novos clientes e trazer um diferencial que destaque a loja das demais. Isso pode ser conquistado através do atendimento.

Para fechar vendas com volume e qualidade, alguns passos devem ser seguidos. Porém, os os gestores também devem ter habilidade em passar e treinar seus colaboradores e vendedores para a prática. Eles são bastante simples, mas prometem ajudar no relacionamento com seus clientes e, por consequência, no aumento das vendas. Descubra como melhorar o atendimento em sua loja e aumentar as vendas!

  • Personalize seu atendimento

É necessário manter uma personalização do atendimento, ou seja tratar o cliente como se fosse único. Cada cliente deve ser atendido de forma que suas necessidades sejam supridas e suas expectativas superadas. É preciso ter sensibilidade para antecipar os desejos do cliente e fazer com que ele se sinta confortável no ambiente. Conhecer seus desejos e saber o que espera da loja é fundamental para proporcionar uma experiência única durante o processo de compra.

  •  Cultive o entusiasmo!

Para fazer vendas com qualidade, o indivíduo tem que ter postura proativa. Isso deve ser refletido na linguagem corporal. Instrua seus vendedores a manterem o corpo ereto, as mãos fora do bolso e a não se escorar. É importante sorrir com sensibilidade ao atender o cliente, um cuidado simples mas que muitas vezes não são tomados.

O mais importante neste passo é se preparar para vender com entusiasmo, pré-visualizar mentalmente as vendas acontecendo e “jamais” se deixar abater por baixo fluxo de clientes ou outras intempéries. Os gestores devem desenvolver um feeling apurado, percebendo e buscando verificar junto aos vendedores quando ele não estiver “entusiasmado” no intuíto de incentivar a sensibilidade.

  • Conheça mais o cliente!

Com empatia e educação o vendedor deve saber mais sobre o cliente. Quando o cliente demonstrar que está buscando ajuda do vendedor, ele deve estabelecer o diálogo, mostrar interesse, perguntar o nome e identificar o objetivo do comprador, assim como deve observar o “estilo” do cliente para que não desperdice o tempo de ambos.

Fazer perguntas abertas e discretas é válido. Portanto pesquisar o cliente em uma conversa informal é o segundo passo e irá nortear a negociação. Softwares com bons programas de banco de dados estão disponíveis no mercado, se a loja ainda não possui vale analisar a possibilidade, pois a utilização dos mesmos é extremamente prática para que se tenha em tempo hábil as informações dos clientes e possa utilizá-las para novas vendas.

  • Saiba lidar com as objeções!

É comum no varejo ouvir afirmações como: estou somente olhando, volto outro dia, é muito caro, não é para mim, tenho o produto por menos, entre outras. O vendedor deve estar preparado para argumentar a favor do produto e das facilidades de compra na loja. Isso só será possível quando o vendedor tiver conhecimento profundo do produto que está vendendo em relação ao tecido, à durabilidade, ao manuseio e demais fatores que possam inflenciar a peça.

Cabe ao gestor ou ao gerente apoiar os vendedores em negociações mais “difíceis” e que sugerem maiores valores para que a venda seja efetivada. Muitos são os sinais que os clientes dão quando a venda já está praticamente fechada. O vendedor não deve deixar de aproveitar tais “sinais” e quando ocorrerem deve tomar a iniciativa e fechar a venda.

  • Estenda o relacionamento com seu cliente!

Para garantir que o cliente volte, o vendedor e a loja devem sempre tentar estender o relacionamento. Para isso, é posível estabelecer o contato através das informações coletadas para o banco de dados. Mande recados aos clientes em datas especiais, ofereça uma visita (se isso for uma possibilidade) para mostrar os produtos, entre em contato quando chegar novas coleções, como no caso de confecções e várias outras ferramentas para estender o relacionamento.

Você sabe de alguma outra forma de melhorar o atendimento de uma loja? Compartilhe sua experiência nos comentários!